Notícias

  • 15/12/2017

CORECON-MS conquista sede própria na Av. Afonso Pena


Nova sede do Conselho localizada na Av. Afonso Pena.

O Conselho Regional de Economia do Mato Grosso do Sul (CORECON-MS) recebeu da Superintendência de Patrimônio da União (SPU) o imóvel que abrigará a nova sede do Conselho. A entrega foi feita no dia 15 de dezembro, após dois anos de tratativas. O espaço fica na Avenida Afonso Pena, 2.386- sala 1201, no 12º andar do edifício Dolor de Andrade.

 

Estiveram presentes na cerimônia de recebimento do espaço, além do presidente do CORECON-MS, o conselheiro federal Paulo Ponzini; o superintendente da SPU no Mato Grosso do Sul, Mário Sérgio Silva; o diretor de Operações do Sebrae-MS, Tito Estanqueiro; o senador Pedro Chaves dos Santos (PSC) e o diretor da SPU/MS, Carlos Pussoli. Também estava presente o economista Maurício Ferreira, chefe de gabinete do senador Pedro Chaves dos Santos.

 

O imóvel foi cedido pela SPU-MS, de forma gratuita, pelo período de 10 anos inicialmente e se estendo por tempo indeterminado, desde que cumpra o objetivo principal que é o funcionamento do Conselho. Segundo presidente do Conselho, Thales de Souza Campos, garante que esse espaço foi entregue pela SPU, com participação fundamental do senador Pedro Chaves, representará uma economia na ordem de 3 a 5 mil reais mensalmente ao Conselho ganhos econômico-financeiros para o Regional, já que os custos de aluguel eram altos. “Por conta dos reajustes, já havíamos trocado de endereço quatro vezes e provavelmente iríamos mudar no ano que vem novamente”, observou.

 

“Temos uma sede própria, passamos por uma peregrinação nesses quase 40 anos de existência, foram quatro lugares diferentes de sede. Hoje estamos em um endereço que representa muito pelo seu local, na Avenida Afonso Pena. Esse espaço vai ser fundamental para o Conselho desenvolver todos os seus projetos e prestar as informações à sociedade”, explicou.

 

Thales comentou que o papel do CORECON-MS é fazer a análise dos índices econômicos de todos os 79 municípios e também do Estado, comparando com os índices do Brasil. “Todos os índices que são publicados, como o CAGED sobre emprego, nós que fazemos essa análise. Com essa nova sede, o trabalho será ampliado, principalmente em relação à fiscalização ao economista”, disse o presidente do CORECON-MS.

 

O senador Pedro Chaves teve atuação na conquista desse novo espaço própria ao Conselho Regional de Economia. O parlamentar explica que ao conversar com o secretário do Patrimônio da União soube que o espaço estava para leilão, mas não houve lances. Com isso, o senador disse que falou diretamente com o Presidente Temer e o ministro Eliseu Padilha, mostrando a importância do imóvel para o CORECON-MS e, a partir daí, a situação se desenvolveu favoravelmente ao Conselho.

 

Para o senador esse novo espaço do CORECON-MS será fundamental, por ser uma sede própria e sem custo. Mas também para a realização de cursos de aperfeiçoamento para o economista, até mesmo àqueles que deixam a faculdade e possam aprimorar seus conhecimentos.

 

 

Fonte: Jornal "A CRITICA" e COFECON.



VOLTAR